Em favor da vida, a Federação Espírita Brasileira diz não ao aborto!

– Qual o primeiro de todos os direitos naturais do homem?
– O de viver. Por isso é que ninguém tem o de atentar contra a vida de seu semelhante, nem de fazer o que quer que possa comprometer-lhe a existência corporal.
(O livro dos espíritos, Allan Kardec, questão 880)

Não ao abortoCompreendendo a vida como direito fundamental, a Federação Espírita Brasileira e o Movimento Espírita posicionam-se contrários à legalização do aborto em nosso País.
Em face do desenvolvimento da Ciência, comprova-se o início da vida humana desde o momento da concepção no ventre materno, e não somente quando ocorre o nascimento, como afirmam muitos.
Em 2005, empenhados nesta luta, os ex-presidentes da Federação Espírita Brasileira (FEB), Nestor Masotti; da Associação Brasileira de Magistrados Espíritas (Abrame), Zalmino Zimmermann; e da Associação Médico-Espírita do Brasil (AME-Brasil), Marlene Nobre, entregaram manifestos contra o aborto, sendo recebidos por várias autoridades da Procuradoria Geral da República, Senado, Câmara dos Deputados e Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Na oportunidade, o então presidente da FEB, Nestor Masotti, frisou que o posicionamento do Espiritismo baseava-se nas ciências jurídica e médica, evidenciando, ainda, a necessidade de ampliação do diálogo com a população.
Informe-se, diga não ao aborto e saiba o porquê!
Compartilhe no Google Plus

Sobre o autor: Geraldo V Laps

0 Comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *