Babili

Nessa obra magistral, o espírito Palminha, nos conduz a saga relativa ao povo persa em seus momentos primevos dentro da experiência humana. 

Junto a ele surge a figura ímpar do imperador Ciro II, junto ao seu inseparável amigo Tahrif. E assim, Palminha sutilmente nos remete portões adentro de Babilônia, fala-nos de seu povo, de seus costumes, dos acontecimentos que se passaram sobre o velário do tempo, os momentos vividos pelo povo judeu em seu cativeiro de dores e sofrimentos, e o planejamento superior confiado a Ciro o “Grande” no que diz respeito à libertação daquele povo.

Comentários