A culpa não é sua

Somos uma grande contribuição do Criador para a evolução da humanidade. Temos, sim, uma missão a ser cumprida e essa missão pode ser realizada por meio de todas as atividades que desenvolvemos. Todas, sem exceção, devem ser realizadas com o objetivo de alcançar o mais alto degrau da escada que leva à realização. 

Ao avançar em direção à busca idealizada, deparamo-nos com situações que bloqueiam o caminho. Muitas vezes, acreditando não saber de onde provêm essas dificuldades, desistimos, imaginando não possuir a força necessária para superá-las ou, quando ainda acreditamos que a força deve vir de fora de nós, que ela possa não estar à nossa disposição por algum motivo. 

O sentido maior para todas as buscas de um ideal é transformar e apurar os nossos sentimentos. Se, nessa passagem, conseguirmos transformar o ódio em Amor verdadeiro, começaremos a despertar para o desejo de melhorar e sentir sempre mais o “sabor” indescritível do Perdão. Com o Perdão completo, a nossa mente libera-se, passando a comunicar-se livremente, trazendo para junto de nós o que acreditamos merecer e, também, o que nem sabemos ser merecedores, mas que já está preparado para nós.
Compartilhe no Google Plus

Sobre o autor: Cele São Francisco de Assis

0 Comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *