Evangelização infanto-juvenil, a semente certa

É preciso cuidemos, portanto, da criança e do jovem, plantas em processo de crescimento, ainda amoldáveis e direcionáveis para o bem maior.” - Leopoldo Machado.

Todos nós queremos o melhor para nossos filhos, netos ou parentes, e muitas vezes ficamos pensando em qual seria a melhor opção, ou a melhor semente a cultivar em seus corações, ainda em formação do processo ético e moral. 
 
Você ja pensou encaminhar-los para evangelização infanto-juvenil? No Cele, a aula inaugural (todos os ciclos de Infância e Juventude) começam no dia no dia 24/03 (domingo) às 10h e primeira aula (com enturmamento) dia 07/04. Domingo sim, Domingo não, teremos aulas.

Relacionamos alguns motivos para frequentar as aulas de evangelização infanto-juvenil do Cele:

Educar, pois, dentro da concepção Espírita não é só oferecer os conhecimentos do Espiritismo como também envolver o educando numa atmosfera de responsabilidade, de respeito à vida, de fé em Deus, de consideração e amor aos semelhantes, de valorização das oportunidades recebidas, de trabalho construtivo e de integração consigo mesmo, com o próximo e com Deus.

Vive-se na Terra o momento da grande transição de mundo de provas e expiações para mundo de regeneração. É natural que muitos tormentos encontrem-se generalizando-se em todos os segmentos sociais, ameaçadores e desequilibrantes da estrutura emocional infanto-juvenil. Em grande parte, o fenômeno decorre como conseqüência da desestruturação da família, do egoísmo dos adultos que antes pensam mais em si do que na prole, nos momentos de decisão afetiva e conflitos psicológicos, dando lugar ao surgimento dos órfãos de pais vivos...

Em face dos problemas existentes, somente a Evangelização Espírita Infanto-Juvenil, através de métodos atualizados e renovação de programas, atenderá às necessidades urgentes do momento, especialmente no que diz respeito aos dramas da ansiedade, do medo e da solidão infantil, diante de uma cultura agressiva, utilitarista e competitivamente cruel.

Desenvolver no educando os sentimentos de solidariedade e cooperação, de afetividade e de compaixão, de amor e de caridade, demonstrando que o mundo não é tão mau, embora algumas criaturas se encontrem enfermas, preparando-os para ser feliz, deve ser a preocupação dos educadores.

Gostou dos motivos? inscreva-se (e/ou) informe-se na secretaria do Cele, você estará dando à criança e/ou adolescente uma chance conhecer, desenvolver e aprender um novo jeito de ver a vida.

Fonte: O Consolador
Compartilhe no Google Plus

Sobre o autor: Geraldo V Laps

1 Comentários:

  1. Uma grande verdade, as nossas sementes estão nas crianaças e adolescentes da atualidade. Aprendemos juntamente com eles, com suas dúvidas e com seus exmplos no cotidiano. Eu pelo menos adoro estar com eles, e aguardo ansiosamente o retorno de nossos encontros no dia 24/03 às 10:00 .

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *