Dúvida sobre reencarnações de animais



Esse assunto sempre nos deixa com vários questionamentos. para começar a discussão, e quem sabe o seu entendimento, o Pedro Gonzaga, dirigente do grupo de Atendimento aos animais do CELE, selecionou alguns textos esclarecedores acerca do tema...

Em o Livro dos Espíritos

Questão 601. Os animais estão sujeitos, como o homem, a uma Lei progressiva. E daí vem que nos mundos superiores, onde os homens são mais adiantados, os animais também o são, dispondo de meios mais amplos de comunicação. São sempre, porém, inferiores ao homem e se lhe acham submetidos, tendo neles o homem servidores inteligentes.

Questão 602. Os animais progridem pela força das coisas, para eles não há expiação”.

Questão 607. A alma do homem em sua origem assemelha-se ao estado de infância da vida corpórea, onde a sua inteligência desponta e ensaia para vida. Onde cumpre o espírito essa primeira fase? • Numa serie de existências que precedem o período que chamais de humanidade.

Questão 607a. Parece, assim, que a alma teria sido o principio inteligente dos seres inferiores da criação?

Não dissemos que tudo se encadeia na natureza e tende a unidade? É nestes seres que estais longe de conhecer inteiramente, que o principio inteligente se elabora, se individualiza pouco a pouco e ensaia para a vida.

A revista espírita de maio de 1865 confirma:

O principio inteligente dos animais progride ate o máximo que lhe permite a sua evolução, nesta condição deverão estar forçosamente habitando um mundo superior. Quando saem dali pelo desencarne, o seu perispírito é transmutado pelos espíritos superiores e toma a forma humana, para se encarnar como espírito humano num planeta primitivo. Isto não acontece na terra.

Livro dos Espíritos

Questões 607 e 613. Não há trânsito direto dos animais que conhecemos aqui na terra para o homem primitivo.

Emmanuel

Alvorada do Reino Todos os Espíritos que agora animam corpos humanos, num passado distante, animaram animais, onde adquiriram atributos que hoje se apresentam nos seres humanos. O animal caminha para a condição de homem, tanto quanto o homem caminha para a condição de anjo.

Joanna de Ângelis – Conflitos Existenciais, p. 115

O princípio espiritual adquire experiências, emoções e conhecimento através do trânsito pelos diferentes reinos da Natureza (...).

A Gênese – Cap. X, itens 24, 28 e 29

Acompanhando-se passo a passo a série de seres, dir-se-ia que cada espécie é um aperfeiçoamento, uma transformação da espécie imediatamente inferior.

Kardec em comentário que se segue a questão 613 (Metempsicose) do LE diz: Os próprios espíritos estão longe de tudo conhecer, e sobre o que não conhecem podem ter opiniões pessoais. É assim que nem todos pensam da mesma maneira em relação aos animais. Segundo alguns, o Espírito não chega ao período humano senão depois de ter sido elaborado e individualizado nos diferentes graus dos seres inferiores da criação. Segundo outros, o espírito do homem teria sempre pertencido a raça humana, sem passar pela fieira animal. Ainda no comentário de Kardec na mesma questão: A primeira opinião tem a vantagem de dar uma finalidade ao futuro dos animais que constituiriam assim os primeiros anéis da cadeia dos seres pensantes. O segundo é mais conforme à dignidade do homem. Uma pessoa com doutorado deve se envergonhar de um dia ter passado por um período pré escolar ???

Na revista espírita de 1865 Kardec escreveu: Nos seres inferiores da criação, o senso moral não existe e a inteligência esta em estado de instinto. É nesse período que a alma se elabora para a vida. Quando atingiu o grau de maturidade necessário, recebe de Deus novas faculdades: O livre arbítrio e o senso moral. Esta questão se liga ao grave problema do futuro dos animais e nos parece suficientemente elaborada. Pode-se desde já considerá-la com resolvida pela concordância do ensino dos espíritos. Em “O Consolador” , pergunta 79, Francisco Xavier responde a seguinte pergunta: Como interpretar nosso parentesco com os animais?

- Considerando que eles igualmente possuem diante do tempo, um porvir de fecundas realizações, através de numerosas experiências, chegarão, um dia, ao chamado reino hominal, como por nossa vez, alcançaremos, no escoar dos milênios, a situação de angelitude. A escala do progresso é sublime e infinita.

Comentários

  1. Regina6:34 PM

    Muito bom!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Regina,

      Que bom que gostaste, vem de acordo a várias duvidas de nossos leitores...

      Abraço

      Excluir
  2. Bem, sei lá o que pensar, mas, para haver reencarnação deve haver alma ...logo ....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Joselito,

      É uma questão de fé acreditar nas almas dos animais, mas quem sabe né?

      Abraço

      Excluir

Postar um comentário