As conseqüências do tabagismo

Se tudo o que já se escreveu nas revistas e nos jornais sobre os malefícios do cigarro ainda não foi suficiente para despertar o leitor, eis novas e atualizadas informações: o tabagismo é responsável direto por 90% das mortes por câncer de pulmão, 85% das mortes por doença pulmonar obstrutiva crônica e 25% das mortes por doença coronariana e cerebrovascular; e está também relacionado com o aneurisma arterial, a trombose vascular, a úlcera digestiva, as infecções respiratórias e a impotência sexual.

A nicotina, substância que provoca dependência, é um alcalóide que na fumaça do cigarro é veiculado através da fase gasosa e das partículas de alcatrão.

Sua absorção dá-se rapidamente pelos pulmões. Quando tragada, ela se distribui para a circulação sistêmica e em cerca de 9 segundos atinge o cérebro, após atravessar rapidamente a barreira hematoencefálica. Seus efeitos farmacológicos podem ser observados em todo o corpo, conquanto atue principalmente sobre o aparelho cardiovascular provocando vasoconstrição, aumento da pressão arterial, da freqüência cardíaca, da força de contração miocárdica e da adesão plaquetária.

Os que desencarnam em virtude do uso deliberado do cigarro adentram o mundo espiritual na condição de suicidas involuntários e enfrentam, por isso mesmo, todas as conseqüências decorrentes de uma desencarnação precipitada, consumada antes da hora.

Como vivemos em um planeta bastante atrasado, no qual as chances de reencarnar em boas condições são cada vez mais escassas, perder a oportunidade de que ora desfrutamos é algo que temos dificuldade de compreender, sobretudo se o dependente do tabaco acredita em Deus. Afinal, o corpo físico é um presente que o Criador nos concede, e não pode, por causa disso, ser tratado com tanto descaso e indiferença.

Editorial - O Consolador
Ano 1 - N° 34 - 9 de Dezembro de 2007

(Outro Editorial antigo e atualíssimo!!!!)
Compartilhe no Google Plus

Sobre o autor: CELESFA

3 Comentários:

  1. É verdade, o tabagismo é uma praga que além de afetar o corpo físico, afeta também o perispírito. E sua causa para o desencarne não deixa de ser um suicídio lento e consciente.

    Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  2. além de ser o vício mais perigoso para saúde é também o mais difícil de curar.

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *