Julgamentos



Se alguém te surge em erro
Tranqüiliza-te e cala.

Não sabes o princípio
Dos fatos que registras.

Quanta dor na criatura
Antes de haver caído...

Se vês a falta alheia,
Usa a misericórdia.

Virtude que condena
É orgulho disfarçado.

Hoje, podes julgar...
Amanhã, ninguém sabe.

(Francisco Cândido Xavier por Emmanuel. In: O essencial)

Comentários