Tratamento com água fluidificada

Conheça a fluidoterapia, muito utilizada nos centros espíritas,
e entenda como ela pode servir como um tratamento complementar

Em termos de Espiritismo, entende-se por água fluida ou fluidificada aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados na água. Em geral, são os Espíritos desencarnados que, durante as sessões de fluidoterapia, fluidificam a água.

A fluidificação magnética é aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados na água por ação magnética do encarnado, em especial, um médium dotado da mediunidade de cura, que coloca suas mãos sobre o recipiente com água e projeta seus próprios fluidos.

Na fluidicação espiritual, os espíritos aplicam fluidos, sem intermediários, diretamente sobre os frascos com água. Na Fluidicação Espiritual a água não recebe fluidos magnéticos do médium de cura, mas somente os trazidos pelos Espíritos. A Fluidicação Espiritual é a mais comumente utilizada nos Centros Espíritas.

Portando, teríamos na fluidificação mista uma modalidade de fluidicação onde se misturam os fluidos do medium de cura com os fluidos trazidos pelos espíritos

Como vimos, o processo de fluidificação da água, independe da presença de médiuns curadores. A água é um dos corpos mais simples e receptivos da Terra. É como que a base pura, em que a medicação Espiritual pode ser impressa, através de recursos substanciais de assistência ao corpo e à alma. O processo é invisível aos olhos mortais, por isso, a confiança e a fé do paciente são partes essenciais nos efeitos do tratamento. A água é um ótimo condutor de forca eletro-magnética e absorverá os fluidos sobre ela projetados, conserva-los-á e os transmitirá ao organismo doente, quando ingerida. As informações energéticas do medicamento ficariam gravadas na memória quântica da molécula da água...

Leia a matéria completa na Edição 47 da Revista Cristã de Espiritismo!

Comentários