Os sem religião

Segundo Censos do IBGE, entre 1950 e 2000, o número de brasileiros que se declararam sem religião aumentou de 0,5% para 7,4% da população

Os sem-religião são o grupo que mais cresce no Brasil. Entre 1950 e 2000, aumentaram de pífio 0,5% para expressivos 7,4% da população, de acordo com os Censos do IBGE. Mas, ao contrário daquilo que os números podem levar a crer, os brasileiros não estão abandonando a fé. Uma pesquisa recém-divulgada mostra que, do grupo de brasileiros sem religião, somente 0,5% não acredita em Deus. O restante se encaixa nessa categoria pelo fato de simplesmente não ter vínculo com nenhuma igreja, o que não significa ausência de fé. O levantamento faz parte do livro Mudança de Religião no Brasil - Desvendando Sentidos e Motivações (Palavra & Prece Editora) e foi realizado pelo Centro de Estatística Religiosa e Investigações Sociais (Ceris), uma entidade ligada à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Igreja Católica. Foram ouvidas, em 2004, 2.870 pessoas de 50 cidades de todo o País.

Das pessoas entrevistadas pelo Ceris, 7,8% se declararam sem religião - número muito próximo dos 7,4% apontados pelo último Censo do IBGE. Esse grupo está dividido em cinco categorias. A menor é a dos ateus.

Comentários